..: Geração Eletrônica 2011 :..

Posted: Maio 24, 2011 in Uncategorized

.:: Geração Eletrônica 2011 ::.

De 20 de maio a 3 de julho, o Geração Eletrônica 2011 promete transformar o Oi Futuro Ipanema em um espaço imersivo, remetendo às festas e clubes de música eletrônica, uma espécie de day club. Durante seis semanas, de terça a domingo, das 13h às 21h, mais de 30 sets distintos – de novos talentos aos grandes DJs e produtores da música eletrônica nacional – vão traçar um panorama do que é produzido hoje no Brasil, revelando novos talentos nacionais.

A tecnologia está ao alcance de todos e o tema da segunda edição da exposição sonora Geração Eletrônica é justamente o que as pessoas têm feito com ela. O evento, que contará com uma exposição de fotos, vídeos e sets musicais, terá ainda debates e workshop, evidenciando a produção nacional através do trabalho de fotógrafos, designers, cineastas, e principalmente, DJs e produtores musicais.

– Agora é a hora de as pessoas contarem e mostrarem suas próprias histórias, apresentando como, através das novas tecnologias e suas vertentes, elas produzem e tocam seu próprio material ao vivo ou criam visuais fantásticos na hora do show. O do-it-yourself já é uma realidade e está ao alcance de todos, explica Tom Leão, jornalista cultural e diretor artístico do evento.

Os trabalhos de 31 DJs e produtores musicais brasileiros estarão nesta nova edição do Geração Eletrônica. Entre novos expoentes da música eletrônica, como João Brasil, Halley e Renato Patriarca, estarão alguns dos nomes mais importantes da discotecagem no Brasil: o também produtor Marcelo ‘Memê’ Mansur e o paulista Ramilson Maia/RAM Science (que além de um set durante a exposição, fará duas apresentações de trabalho inédito no teatro, dias 20 e 21 de maio), entre outros. Com o evento, será possível ainda conhecer novos talentos de várias partes do país, descobertos a partir das inscrições recebidas, como os DJs Flanicx (São Paulo/SP), Budah Moderno (Aracaju/SE) e Marcio Mirailh (Santa Maria/RS).

As fotos e vídeos editados pelos designers gráficos Patricia Chueke e Phil serão projetados simultaneamente aos sets musicais na Galeria de Arte do Oi Futuro, junto com frases emblemáticas e informativas sobre o universo da música eletrônica. Entre as imagens, estarão trabalhos dos fotógrafos Fábio Mergulhão (SP) e Eduardo Llerena (RJ), especializados em clicar a cena eletrônica. Representarão também o Rio o coletivo PartyBusters e Lucas Margutti. Outros destaques de São Paulo são trabalhos da diretora Ruth Slinger e sobre o clube D-Edge, dirigidos por Ronaldo Mendonça. Já os videografismos não ficarão restritos ao eixo Rio-São Paulo. Será possível conferir as produções do VJ Erms (Brasília), Sabbá (Belém) e Léo (Porto Alegre), além de Vagalume (RJ). Entre fotos e vídeos que vieram do processo seletivo, nomes como Toni Mazzotti (Goiás e Ceará), SHH!akaCaio Cardenuto (São Paulo/SP), Chico Moraes (Pindamonhangaba/SP) e Camila Carrello (Rio de Janeiro/RJ).

Além do já citado Ramilson Maia, nos dias 27 e 28 de maio, haverá uma apresentação do coletivo Apavoramento Sound System, tendo na abertura uma performance de Mary Fê, no Teatro do Oi Futuro. As apresentações serão sempre às sextas e sábados, às 20h.

Para contribuir com o espírito do “faça você mesmo”, o Geração Eletrônica 2011 convocou jovens DJs, produtores musicais, fotógrafos e videomakers a inscreverem seus trabalhos relacionados à cena eletrônica para seleção. Dos 314 trabalhos recebidos, foram selecionados 16 sets musicais, 33 fotos e 10 vídeos.

No mesmo espaço, haverá debates ministrados com o objetivo de discutir o cenário da música eletrônica no Brasil, com presença, entre outros, dos DJs Leo Janeiro e Memê (RJ), dos empresários Claudio Miranda Filho (RioMusic Conference) e Cabbet Araújo (Fosfobox), além do fotógrafo Fábio Mergulhão (SP).

– 1ª edição do Geração Eletrônica – 2005/2006
A primeira edição do evento foi realizada no Centro Cultural Banco do Brasil Brasília (novembro/2005) e no Centro Cultural Telemar (hoje Oi Futuro), no Rio de Janeiro (janeiro a março/2006). O principal objetivo foi desmistificar a música eletrônica e contar sua história de maneira didática. Textos, fotos e trechos de filmes foram usados para formar um painel da cultura eletrônica desde seu nascimento até aquela data. O evento contou também com apresentações de DJs, debates e workshops.

Sobre o Oi Futuro
O Oi Futuro tem a missão de democratizar o acesso ao conhecimento para acelerar e promover o desenvolvimento humano. O principal foco das ações do instituto de responsabilidade da Oi é a promoção de um futuro melhor para a juventude brasileira, reduzindo distâncias geográficas e sociais. Os programas Oi Tonomundo, Oi Kabum! (escolas de arte e tecnologia), NAVE e Oi Novos Brasis atendem 600 mil crianças e jovens, promovendo a inclusão digital e fornecendo conteúdo pedagógico para a formação de professores e educadores. O Oi Conecta, um programa em parceria com o Governo Federal, leva banda larga a mais de 37 mil escolas públicas, beneficiando cerca de 24 milhões de alunos. Na área cultural, o Oi Futuro atua como gestor do Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados, mantém dois espaços culturais no Rio de Janeiro (RJ) e um em Belo Horizonte (MG), além do Museu das Telecomunicações nas duas cidades. O Oi Futuro apoia, ainda, projetos aprovados pela Lei de Incentivo ao Esporte. A Oi foi a primeira companhia de telecomunicações a apostar nos projetos sócio-educativos inseridos na nova Lei.

APRESENTAÇÕES NO TEATRO

Ram Science Project – Ramilson Maia
Data: 20 e 21 de maio, sexta e sábado, às 20h
Trabalho inédito do DJ e produtor musical Ramilson Maia. É uma performance audiovisual, onde ele interage com outros elementos no palco. Nesse novo projeto, ele traz para o público novas músicas e remixes. Resultado da sua ultima turnê pela Europa.
Preço: R$ 15,00 (inteira), R$ 7,50 (meia-entrada estudantes e idosos)

Apavoramento Sound System + performance Mary Fê
Data: 27 e 28 de maio, sexta e sábado, das 20h às 23h
. Mary Fê = Solucionática Modular – Mary Fê é artista sonora e performer e um dos nomes mais quentes da chamada cena ‘noise’ carioca em que se monta/veste de fios, botões, lanternas, GameBoys, que permitem que ela “toque” o seu corpo e seja o seu próprio instrumento musical. Fê chegará performando das ruas, enquanto a platéia acompanha a ação por telões, tudo online/real time.

. Apavoramento Sound System – É um coletivo carioca, oriundo do bairro de Botafogo, que reune DJs (John Woo e Nepal), VJs, produtores, roteiristas, artistas gráficos e publicitários, que se espalham por vários projetos, programas de TV e galerias de arte. Por tudo isso, proporcionam uma experiência multimídia única em suas apresentações, que podem ter vários formatos e abordagens (pista, show, performance etc), dependendo da hora e do lugar. Intenso.
Preço: R$ 15,00 (inteira), R$ 7,50 (meia-entrada estudantes e idosos)

SERVIÇO GERAÇÃO ELETRÔNICA 2011
Local: Oi Futuro (Ipanema)
Endereço: Rua Visconde de Pirajá, 54/3º andar
Data: de 20 de maio a 03 de julho
Horários: terça a domingo, das 13h às 21h
Classificação etária: livre
A exposição é gratuita
Informações: (21) 3201-3010

Realização:
OI Futuro

Patrocínio:
OI / Governo do Rio de Janeiro – Secretaria de Cultura

Publicidade On Line:
Wallas Baldacine

www.geracaoeletronica.com

Anúncios
Comentários
  1. Eduarda diz:

    Ola, muito bom seu blog !
    Gostaria de obter mais informacoes sobre os eventos que vc cobre.
    Mudei a pouco tempo pro Rio de Janeiro e gostaria de me atualizar um pouco mais nos eventos.

    Obrigada!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s